Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
9

C-Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo Cofina. É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Sabe bem, faz bem! #sabebemfazbem

Chá das cinco: a tradição ainda é o que era

O tempo frio pede ideias quentes. Redescubra esta tradição de origem britânica com deliciosas receitas e sugestões para fazer um chá a preceito.
22 de Fevereiro de 2019 às 08:38

O inverno apela ao conforto do lar, mas não é desculpa para passar o fim de semana deitado no sofá. Convide os amigos e reúna familiares para um afternoon tea e cumpra o ritual, de forma tradicional ou original, dependendo do mood do momento.

Afinal, o five o’clock tea é português

É um ritual tipicamente britânico, mas tem o selo português. Foi Catarina de Bragança, esposa de Carlos II de Inglaterra, que no século XVII levou um baú carregado de chá, o qual passou a servir às damas da corte inglesas. Só mais tarde, no século XIX, é que o chá das cinco ganhou popularidade, sob influência da duquesa de Bedford, que adorava fazer um lanche com pompa e circunstância para saciar a fome entre refeições, para o qual convidava as amigas, instituindo as regras de etiqueta inerentes ao ritual e as receitas que dele fazem parte até aos nossos dias.

Entre amigas, chá das cinco ao estilo hipster

Como diz um provérbio turco, "conversas sem chá são como noite sem Lua" e este é, de facto, um pretexto irrecusável para pôr a conversa em dia numa boa tarde de convívio entre amigas. Etiquetas rigorosas à parte, envie um email ou SMS divertido e convoque as suas BFF para um delicioso chá das cinco, acompanhado de boa-disposição num ambiente divertido e descontraído.

Na sala, na varanda ou no jardim, se o tempo o permitir, marque para as cinco horas ou outro horário qualquer (afinal não estamos em Londres!), desde que seja entre o almoço e o jantar.

Sirva o chá e companhia num mix de loiça multicolorida, contemporânea, vintage ou retro, com bules e chávenas originais. Esta mesa de look improvável à  "Alice no País das Maravilhas" pede muita cor e sabor em fatias de bolo de iogurte e framboesas ou de bolo de mirtilos e limão.

Além de fatias de bolo, o chá das cinco requer uma variedade de biscoitos e bolinhos, como os simplesmente deliciosos brigadeiros de amendoim ou as inéditas trufas de chocolate preto e abacate, um doce para pecar com prazer e sem culpas.

Convidados especiais

Junto à lareira, uma mesa ao estilo clássico que rivaliza com a da realeza promete surpreender. Tire o melhor serviço de chá do armário, escolha uma toalha bonita com guardanapos de pano a condizer e prepare um centro de mesa com flores ou frutos da época à altura da ocasião. Marcadores de mesa, velas e música completam o ambiente com requinte.

O bule, a leiteira e o açucareiro não podem faltar, bem como uma chávena, pires, colher de chá, prato e talheres de sobremesa para cada convidado. São servidos de uma fatia de tarte de requeijão com doce de abóbora e noz ou do bolo de chocolate preto?

O menu também inclui alimentos em miniatura, doces ou salgados, como minissanduíches, canapés ou as delicadas madalenas de pistácio. Claro que é exigida a presença do clássico dos clássicos, ainda melhor se com um twist original: os scones de limão e sementes de papoila não dispensam a manteiga e a melhor seleção de compotas.

Chá: o rei da festa

Chás há muitos, mas fazê-lo a preceito tem a sua arte: utilize água filtrada ou engarrafada, siga a temperatura recomendada para cada um e respeite os tempos de infusão.

Inclua no menu pelo menos dois tipos: o tradicional chá preto e outro mais inesperado, como o verde, o rooibos ou o branco. Para encantar os convidados, aposte nos chás aromatizados com jasmim, baunilha, chocolate, limão ou gengibre ou nas tisanas mais apreciadas (que também são relaxantes) como a cidreira, a menta, a tília ou a camomila.

Não se esqueça do açúcar ou mel para adoçar e das rodelas de limão e leite para os apreciadores do chá "à inglesa". Para os verdadeiros apaixonados, nada como o sabor mais natural, sem açúcar nem adoçantes.

Aquecer as tardes de inverno ao sabor da tradição Sabe Bem.

Mais Noticias de Sabe Bem