Barra Cofina

Correio da Manhã

Sedução
8

C-Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo Cofina. É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Sedução Vibrolandia

Quando o sexo não tem idade

Homens e mulheres vivem a sexualidade até cada vez mais tarde. E melhor.
30 de Outubro de 2018 às 11:17

Em pleno século XXI, o sexo é encarado com tanta normalidade como o ato de beber água, pelo que os tabus a ele associados caem ao ritmo a que a sociedade evolui.

E quando falamos de sexo na terceira idade (TI), a verdade é que temos vindo a assistir à queda de vários mitos. Os idosos, os mais velhos, aqueles que têm hoje mais de 65 anos, encaram o sexo de forma diametralmente oposta à das gerações passadas.

Todos os estudos o indicam. Segundo dados do portal Pordata, em 2017 existiam em Portugal 153,2 idosos por cada 100 jovens, uma proporção que tem vindo a aumentar continuamente desde os anos 60. Numa sociedade envelhecida, em que a esperança média de vida sobe a par do aumento dos índices de qualidade de vida, é natural que a sexualidade na terceira idade seja encarada de forma mais séria. Vamos despir-nos de preconceitos?

Eles

Aos 65 anos, a maioria dos homens está ainda numa fase ativa das suas vidas, com saúde e tempo para viver a sexualidade na sua plenitude. A andropausa, que surge por volta dos 50 anos, pode no entanto acarretar consigo problemas sexuais, além de outras questões de saúde, como a diminuição da massa muscular e o aumento de peso. As dificuldades em atingir e/ou manter uma ereção satisfatória, a diminuição da produção de espermatozoides e a ejaculação precoce são algumas das disfunções sexuais com que os homens se debatem nesta fase da vida. Além de visitas frequentes ao médico, com consultas de especialidade, de urologia ou mesmo sexologia, os homens podem ainda recorrer a estimulantes ou géis para lidar com os pequenos empecilhos à vivência da sexualidade.

Gel retardante Xtra Time

Produzido com ativos naturais que diminuem a sensibilidade peniana, diminuindo a sensibilidade da glande até 30%, é indicado para homens que sofrem de ejaculação precoce. Basta aplicar uma quantidade razoável no pénis e massajar.

E elas

Os dados estatísticos dizem-nos que as mulheres vivem, em média, mais do que os homens, pelo que há mais mulheres viúvas ou com uma saúde melhor do que os parceiros. Assim, alguns dos problemas que eles experienciam acabam por ser problemas do casal. Se os homens dão atenção à parte mais mecânica do sexo, no caso feminino, a importância nesta idade recai sobre vivências eróticas, carícias e mimos. No entanto, tal como a andropausa nos homens, a menopausa, nas mulheres, traz patologias do foro sexual, como a diminuição da libido, que, estima-se, atinge entre 20% e 40% das mulheres seniores, na terceira ou mesmo quarta idade (um novo conceito que abrange a população com mais de 80 anos), ou a falta de lubrificação.

Gel lubrificante Aqua Glide

Inodoro e sem sabor, produzido à base de água, com pH neutro e compatível com o uso para preservativos, este gel garante uma maior lubrificação da vagina, para mais prazer sexual.

Mais Noticias de Sedução

Porque ela merece!

Peluches? Rosas? O Dia dos Namorados merece mais originalidade e mais prazer para a cara-metade. Siga estas sugestões e torne o dia mais romântico no dia mais sensual.