Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Livraria Lello recebe várias propostas de edições raras

Livraria pode pagar 321 mil euros por primeiras edições.
Sónia Dias 19 de Janeiro de 2019 às 01:30
Livraria Lello
Exemplo de uma primeira edição de ‘Os Lusíadas’
Livraria Lello
Exemplo de uma primeira edição de ‘Os Lusíadas’
Livraria Lello
Exemplo de uma primeira edição de ‘Os Lusíadas’
Desde que foi anunciado que a Livraria Lello, no Porto, está disposta a pagar 321 mil euros por três livros raros - as primeiras edições do poema épico ‘Os Lusíadas’ (250 mil euros), de Luís Vaz de Camões; do livro ‘Harry Potter e a Pedra Filosofal’ (70 mil), de J. K. Rowling; e a edição número 1 da Gazeta da Restauração (1500 euros), o primeiro jornal português, publicado em 1641 - as propostas de venda não param de chegar.

Fonte da Lello disse ao CM que a iniciativa, por ocasião da celebração dos 113 anos da livraria portuense, considerada uma das mais belas do Mundo - "está a ter um impacto maior do que o esperado". Não quis, porém, confirmar se já existe algum exemplar em avaliação.

A administradora da Lello, Aurora Pedro Pinto, disse que o objetivo da iniciativa é mostrar que o livro também pode ser um investimento. "É uma chamada de atenção para que o livro não é só um objeto de lazer", mas também "uma obra de arte".

SAIBA MAIS
1572
foi o ano da publicação de ‘Os Lusíadas’, poema épico de Luís de Camões que canta a viagem de Vasco da Gama à Índia e a aventura dos portugueses desde a fundação da nação.

Dez cantos
O poema tem 10 cantos, 1102 estrofes de oito versos cada uma, num total de 8816 versos. Camões utilizou na sua obra apenas versos decassílabos (de dez sílabas métricas).
Ver comentários