Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

Criadores do jogo UNO esclarecem: cartas +2 e +4 não se podem somar

Criadores do famoso brinquedo vieram pôr fim a um dos maiores mitos do jogo de cartas.
7 de Maio de 2019 às 11:22
Jogo de cartas UNO
Jogo de cartas UNO
Jogo de cartas UNO
Jogo de cartas UNO
Jogo de cartas UNO
Jogo de cartas UNO

Atravessou gerações e continua a preencher as tardes e os serões de muitas crianças e jovens em todo o mundo. O jogo de cartas UNO é um dos mais populares de todos os tempos e talvez um dos mais controversos no que diz respeito às regras da partida (muitas das vezes personalizadas ao gosto dos próprios jogadores).

Mas agora, os criadores do famoso brinquedo vieram pôr fim a um dos maiores mitos do UNO, e que vai contra todas as regras da partida.

"Se alguém coloca uma carta +4, deves apanhar quatro cartas e passar a tua vez. Não podes pôr uma carta +2 para que a pessoa seguinte apanhe seis cartas. Sabemos que já o fizeste", pode ler-se no Twitter da companhia.


Fica assim esclarecido a legitimidade de um dos movimentos mais comuns entre os jogadores do UNO, que certamente não deixará de servir de estratégia em milhões de mesas ao redor do mundo.

Uno cartas UNO cartas brinquedo famoso criação
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)