Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

O eterno inconformado regressa aos Coliseus

Sérgio Godinho apresenta hoje em Lisboa e dia 28 no Porto o último disco: ‘Nação Valente’.
Miguel Azevedo 22 de Fevereiro de 2019 às 01:30
Sérgio Godinho tem 73 anos
Sérgio Godinho
Sérgio Godinho
O músico Sérgio Godinho
Sérgio Godinho tem 73 anos
Sérgio Godinho
Sérgio Godinho
O músico Sérgio Godinho
Sérgio Godinho tem 73 anos
Sérgio Godinho
Sérgio Godinho
O músico Sérgio Godinho
"Quero ver-te viva/ afirmativa/ Não quero ter-te endividada... Não quero ver-te assim carente/ perdão pedindo para a sua gente/ Há-de haver outra solução/ para esta Valente Nação."

Os versos são de Sérgio Godinho, fazem parte do tema ‘Nação Valente’, incluído no último disco com o mesmo nome e vão fazer-se ouvir esta noite no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, e dia 28 no do Porto.

Um ano depois de ter editado o seu último registo, o primeiro em sete anos, Sérgio Godinho apresenta agora as novas canções naquelas que são as mais emblemáticas salas do País.

O espetáculo tem, por seu turno, a marca inconfundível de um dos mais inconformados e assertivos autores de canções em Portugal. Para ouvir está um leque de crónicas do quotidiano escritas pela mão de quem, aos 73 anos, ainda vive em constante desassossego e inquietação.

Mas, nestes regressos aos coliseus, Sérgio Godinho não vai estar sozinho. Em palco, em Lisboa e no Porto, vão estar Camané, Manuela Azevedo e Filipe Raposo (compositor e pianista), três amigos de longa data, como convidados especiais.

O próprio disco ‘Nação Valente’, de resto, já tinha sido, ele mesmo, um exercício de partilha ou não contasse na sua ficha técnica com nomes como David Fonseca, Hélder Gonçalves, José Mário Branco, Nuno Rafael ou Pedro da Silva Martins, dos Deolinda.

O espetáculo desta noite começa às 21h30 e o preço dos bilhetes varia entre os 25 e os 42 euros.
Ver comentários