Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

“O público dos The Gift gosta de ser desafiado”

Banda volta esta noite à Aula Magna, onde há vinte anos deu provavelmente o mais emblemático concerto da sua carreira.
Miguel Azevedo 9 de Maio de 2019 às 08:57
Miguel Ribeiro, Sónia Tavares, John e Nuno Gonçalves regressam hoje a uma sala onde já foram muito felizes
Miguel Ribeiro, Sónia Tavares, John e Nuno Gonçalves regressam hoje a uma sala onde já foram muito felizes FOTO: Direitos Reservados
Ninguém esquece aquela noite quente de 9 de junho de 1999. Nuno Gonçalves desceu do palco da Aula Magna e abraçou-se ao pai a chorar. Os The Gift tinham acabado de dar o mais emblemático concerto da ainda recente carreira, com direito a invasão de palco e tudo.

A partir dali nada voltou a ser como antes. "Acho que foi o início de tudo. Nós já sabíamos que os The Gift eram importantes para as pessoas, sabíamos que esgotávamos as salas por onde passávamos, mas faltava que a indústria e os media de Lisboa nos dessem esse carimbo de confirmação", lembra Nuno Gonçalves.

"E depois, no final, dá-se aquela invasão de palco à qual ninguém ficou indiferente. Recordo-me que, nessa mesma noite, o Luís Montez marcou logo connosco os festivais de verão", acrescenta o músico.

Vinte anos depois, os The Gift regressam, esta noite, àquela sala para apresentarem o seu último trabalho, ‘Verão’, num espetáculo que privilegia, também, os discos ‘Primavera’, lançado em 2012, e ‘Altar’, editado em 2017. Para ver está um concerto que os fãs da banda de Alcobaça já sabem que nada terá de simples.

"O publico dos The Gift gosta de ser desafiado", diz Nuno Gonçalves, que destaca a saudável esquizofrenia musical que tem caracterizado o grupo, entre a dança e a introspeção, entre o rock e as ambiências. "Sabemos que o público fiel aos The Gift não se importa de ouvir algo menos óbvio." A banda toca domingo na Casa da Música, no Porto.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)