Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Casillas à saída do hospital: “Não sei como vai ser o meu futuro”

Guardião do FC Porto esteve internado cinco dias, após sofrer um enfarte.
Ana Silva Monteiro 7 de Maio de 2019 às 01:30
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
Casillas à saída do hospital onde esteve internado
"Há uns dias tive um acidente que pode acontecer a qualquer pessoa, a qualquer momento. Tocou-me a mim! É difícil falar, mas entendo que devo estar agradecido porque tenho muita sorte. Tenho que agradecer a muita gente que se preocupou durante estes dias".

Foram estas as primeiras palavras de Iker Casillas após receber alta hospitalar, ao início da tarde desta segunda-feira. O futuro é ainda uma incógnita para o guarda-redes do Futebol Clube do Porto. "Estou muito melhor. Agora, será um repouso de um par de semanas ou um par de meses, não sei bem", referiu.

O guardião deixou o hospital acompanhado pela mulher, Sara Carbonero, que o levou para casa onde irá repousar. "O importante é estar aqui e agradecer-vos o tempo que passaram aqui. Há que esperar, esperar que o coração recupere. Estou bem. Um pouco emocionado, mas estou bem", disse o atleta que esteve internado cinco dias no Hospital CUF.

Casillas sofreu um enfarte do miocárdio, na quarta-feira, durante um treino no Olival, Vila Nova de Gaia. Foi de imediato transportado para aquela unidade hospitalar do Porto, onde foi sujeito a um cateterismo.

Durante o tempo em que esteve hospitalizado, muitas mensagens surgiram nas redes sociais a dar força ao guarda-redes espanhol. Iker Casillas fez questão de prestar declarações à comunicação social, à saída, e deixou uma palavra de agradecimento ao Futebol Clube do Porto, que o homenageou, no sábado, no jogo frente ao Desportivo das Aves (4-0).

"Não sei como será o futuro, mas acho que o mais importante é estar aqui e poder falar tranquilamente e poder transmitir como me encontro", finalizou o atleta, de 37 anos. 

Guardião tranquilizou família, amigos e fãs
Após ter sido submetido a um cateterismo, quarta-feira, o guarda-redes espanhol partilhou uma fotografia nas redes sociais, dando conta de que o pior já tinha passado.

Iker Casillas apresentava-se deitado num cama de hospital, mas sorridente. Na legenda da imagem, o guardião dos azuis e brancos agradecia as mensagens de carinho que recebeu dos adeptos.

As palavras de Casillas acalmaram familiares, amigos e fãs.

Apoio psicológico fulcral para ultrapassar trauma
Mais do que problemas físicos, um enfarte pode originar complicações psicológicas para os doentes. No entanto, depois de um cateterismo, é possível retomar a vida normal em poucos dias.

"Logo depois da cirurgia, o doente é integrado num programa de reabilitação cardíaca, que dura dois a três meses e onde faz exercícios controlados durante uma hora por dia. E este programa começa logo depois de ter alta", explicou ao CM Manuel Carregeta, cardiologista.

"Importante também é o doente ser seguido por um nutricionista, que o irá ajudar a ter uma alimentação saudável, e também um psicólogo. Ter um profissional da Psicologia perto do doente é muito importante para que este consiga ultrapassar o trauma. Não nos podemos esquecer que um enfarte pode levar à morte", acrescentou.

PORMENORES 
Dragão desde 2015/16
Iker Casillas está no clube azul e branco desde o início da época 2015/16. Com a camisola do FC Porto, o guarda-redes foi campeão nacional no ano passado.

Faz 38 anos no dia 20
O guarda-redes espanhol tem 37 anos e completa 38 no dia 20 deste mês. O atleta já conquistou inúmeros títulos em Espanha e internacionais.

Real Madrid homenageia
Antes do jogo com o Villareal, no domingo, o Real Madrid entrou em campo com t-shirts referindo ‘Iker Todos Contigo’. Nas bancadas, foram erguidas tarjas com palavras de apoio.

Solidariedade no futebol
Vários clubes de futebol e atletas deixaram mensagens de força ao guarda-redes portista, através das redes sociais.
Ver comentários