Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Bruno Lage: "Dá trabalho e é muito difícil ganhar jogos"

Treinador dos encarnados vê no adversário deste domingo uma equipa dinâmica e com um coletivo muito forte.
Paulo João Santos 28 de Abril de 2019 às 01:30
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Luís Filipe Vieira
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Luís Filipe Vieira
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Bruno Lage
Luís Filipe Vieira
Bruno Lage garante que o empate do FC Porto frente ao Rio Ave (2-2), que deixa os encarnados isolados na frente em caso de vitória na Pedreira, não altera a forma como o Benfica encara o último troço do campeonato: faltam quatro finais e são todas para ganhar, a começar pelo jogo deste domingo.

O tropeção azul-e-branco em Vila do Conde não foi, sequer, assunto no balneário.

"Nem falámos nisso. Senti a mesma alegria e determinação na preparação do jogo. O FC Porto é líder e temos de fazer o nosso trabalho", disse Lage, recordando que o Benfica passou por uma situação idêntica.

"Já nos aconteceu o que aconteceu ao FC Porto, também vencíamos o Belenenses por 2-0. Na altura tínhamos vantagem de dois pontos e deixámo-la fugir. Amanhã [domingo] temos oportunidade de continuar a nossa senda de finais. Dá muito trabalho e é muito difícil ganhar jogos", sublinhou.

O encontro desta tarde frente ao Sp. Braga - "uma equipa que apresenta um futebol dinâmico e um coletivo muito forte", no entender de Bruno Lage - é considerado o teste mais difícil dos encarnados até ao final do da competição.

Uma vitória do Benfica abre as portas da reconquista ao clube da Luz, quando ficam a faltar três jornadas para o fim do campeonato.

A receita de Lage para a conquista dos três pontos na cidade dos Arcebispos é simples: "Estar ao melhor nível e colocar em prática o nosso jogo, para criar oportunidades e marcar golos."

Pormenores
Zivkovic de fora
A ausência de Zivkovic é a grande novidade nos eleitos de Bruno Lage. Também Krovinovic não foi convocado para o duelo no Minho. Rafa está de regresso após cumprir castigo.

Três lesionados
O Benfica continua sem poder contar com Ebuehi, Gabriel e Corchia, todos lesionados. O trio consta no boletim clínico das águias e não deve jogar mais esta temporada.

Calendário do Benfica
Depois do jogo em Braga, o Benfica recebe o Portimonense e vai depois a Vila do Conde defrontar o Rio Ave antes de fechar o campeonato, na Luz, com o Santa Clara.

Calendário do FC Porto
O FC Porto, após o desaire de sexta-feira em Vila do Conde (0-0), recebe o aflito Desportivo das Aves na próxima jornada: depois vai ao terreno do Nacional e finalmente recebe o Sporting no fecho da Liga.

Presidente quer evitar facilidades
Luís Filipe Vieira pediu ao plantel contenção após o empate do FC Porto. "São quatro finais em que temos de jogar à Benfica. Sem facilitismos".

Foram as palavras do presidente das águias antes da viagem para Braga, apurou o CM.

Maré vermelha na Luz
Centenas de pessoas em euforia despediram-se da equipa do Benfica que este sábado viajou rumo ao norte do País. Uma maré vermelha engoliu os carros dos jogadores à chegada ao estádio.

Depois, o autocarro da equipa demorou vários minutos a deixar a Luz, com os adeptos a pedirem o 37º título de campeão.

Este domingo, no Estádio Municipal de Braga, a invasão vermelha (do Benfica) vai ser significativa.

São esperados mais de 12 mil simpatizantes do clube da águia num estádio com lotação para 30 mil pessoas.
FC Porto Bruno Lage Belenenses Rio Ave Benfica Pedreira Sp. Braga Vila do Conde Luz desporto futebol
Ver comentários