Barra Cofina

Border Spacing

Border spacing specifies the space between the cells.

Firstname Lastname Age
Jill Smith 50
Eve Jackson 94
John Doe 80



Os grupos armados mentem nas redes sociais. Acusam os portugueses de "crimes contra a humanidade". Prometem raptos e ataques dirigidos. Mas, no terreno, sente-se que perderam força. Por causa de Bambari, a UPC declarou uma "ville morte" (greve do comércio) em Bangui. Quase ninguém aderiu.

As Forças Armadas Portuguesas encontram-se na República Centro-Africana, no âmbito da missão MINUSCA, das Nações Unidas, desde o início de 2017.

A atual Força Nacional Destacada é a quarta – cada uma cumpre seis meses de missão – e os seus 180 militares são maioritariamente provenientes do 2.º Batalhão de Infantaria Paraquedista, de Aveiro. Contam ainda com elementos de outras unidades do Exército e de controlados aéreos avançados da Força Aérea Portuguesa. Termina a sua missão a 11 de março, sendo substituída pela 5.ª FND.

Os militares portugueses já sofreram, em dois anos, quatro feridos: um com estilhaços de uma granada, dois atingidos a tiro, e um num acidente durante a manutenção de uma arma.