Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Chanel bane uso de pele de animais exóticos nos seus produtos

Marca francesa seguiu o exemplo de outras marcas de luxo como Giorgio Armani e Gucci.
5 de Dezembro de 2018 às 15:43
Chanel bane uso de pele de animais nos seus produtos
Chanel bane uso de pele de animais nos seus produtos
Chanel bane uso de pele de animais nos seus produtos
Chanel bane uso de pele de animais nos seus produtos
Chanel bane uso de pele de animais nos seus produtos
Chanel bane uso de pele de animais nos seus produtos
Chanel bane uso de pele de animais nos seus produtos
Chanel bane uso de pele de animais nos seus produtos
Chanel bane uso de pele de animais nos seus produtos
A famosa marca de luxo francesa, Chanel, vai deixar de utilizar pele de animais exóticos nas suas peças.

O anúncio foi feito esta terça-feira pela marca, que vai banir a utilização de peles de animais exóticos como cobras, lagartos ou crocodilos, das suas produções.

A associação de proteção de animais PETA festejou a decisão tomada pela Chanel que seguiu o exemplo de outras marcas de luxo como Giorgio Armani e Gucci que já tinham acabado com a utilização de peles destes animais.



Os produtos que não seguiam esta nova política foram retirados do site da Chanel, mas o presidente Bruno Pavlovsky adianta que nas lojas os produtos vão demorar a desaparecer.
Chanel PETA Bruno Pavlovsky marcas marcas de luxo pele de animais animais exóticos
Ver comentários