Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Diana, Arthur ou Alice? Conheça as principais apostas para o nome do bebé real

O sexo da criança ainda não foi revelado mas os sites de apostas estão cheios de palpites.
4 de Maio de 2019 às 10:01
Meghan e Harry
Harry e Meghan
Harry e Meghan
Meghan Markle
Meghan e Harry
Harry e Meghan
Harry e Meghan
Meghan Markle
Meghan e Harry
Harry e Meghan
Harry e Meghan
Meghan Markle
O bebé real, primeiro filho do Príncipe Harry e de Meghan Markle, pode nascer a qualquer momento. O sexo da criança ainda não foi revalado, assim como os possíveis nomes.

A verdade é que vários sites de apostas têm rendido cliques, a fim de se estipular qual será o nome do bebé real.

O jornal brasileiro G1 reuniu opiniões de especialistas tendo em conta apostas feitas em três sites: Ladbrokes, William Hills e Betfair.

Entre várias opções, surgem nomes talvez pouco esperados como "Donald" e "Brexit".

Pauline MacLaran, professora da Royal Holloway na Universidade de Londres, Meghan e Harry podem "seguir um caminho menos tradicional" do que o irmão, William, no que diz respeito à escolha do nome. A razão passa pelo facto da possibilidade deste bebé real não vir a ser Rei no futuro. "Claro que a rainha ainda tem que aprovar, mas isso vai limitá-los", avalia MacLaran.

Na opinião de outro especialista, Jonathan Portele, mestre em História Contemporânea pela Universidade Federal de São Paulo, é improvável que o casal escolha um nome moderno para o bebé.

O portal brasileiro reuniu os três nomes femininos e masculinos mais votados para o nome do próximo bisneto da Rainha Isabel II.

O G1 recolheu as opiniões dos especialistas e as apostas feitas em três sites: Ladbrokes, William Hills e Betfair. Conheça algumas das possibilidades para o nome do próximo bebé real.

Se nascer uma menina

Diana: é o nome mais votado nos sites Ladbrokes e William Hills. Já no Betfair, o nome está em segundo lucar. Diana é o nome romano da deusa da Lua, caçã e florestas. A ser a opção escolhida, seria uma homenagem à mãe de Harry, Princesa Diana, que morreu em 1997.

MacLaran acredita que a escolha é improvável. "Já foi usado como um dos nomes do meio da princesa Charlotte".

Portele também não acredita nessa opção. "Eu tenho um pé atrás, devido à má relação que Diana teve com a família real. Ela era tida pela rainha como uma persona non grata, e existe toda aquela polémica acerca da morte dela". No entanto relembra que "é a mãe do Harry, e não foi homenageada até hoje".

Victoria: Vai à frente na corrida nas apostas do William Hills, fica em segundo no Ladbrokes e em terceiro no Betfair. "Victoria" seria um tributo à rainha associada ao Império Britânico.

Segundo Portele, este nome tem grandes hipóteses. "Foi uma rainha muito marcante, referência na história, e com a qual os ingleses têm uma certa empatia. Eles reconhecem-se muito no reinado da rainha Victoria".

Alice: está em terceiro lugar no pódio dos três sites. Na mesma posição surge também Grace e Isabella.

A tia da rainha Isabel II chamava-se Alice. Morreu em 2004, com 103 anos. "A princesa Alice, que foi duquesa de Gloucester, tinha muita afeição pela rainha, e teve sempre um papel político muito importante dentro da família. É uma pessoa que poderia ser homenageada", refere o mestre.

O nome também foi um dos mais populares na Inglaterra e no País de Gales em 2017, tendo em conta o último levantamento do Gabinete Nacional de Estatísticas, divulgado no ano passado e analisado pelo G1.

Se nascer um menino

Arthur: é uma das principais apostas nos sites. Surge em primeiro lugar no William Hills e no Betfair, e em segundo no Ladbrokes. Arthur era o último nome do rei George VI, pai da rainha Isabel II. Também é o nome do meio do príncipe Louis e um dos nomes do príncipe William.

"Muitas pessoas comentaram que poderia ser uma referência ao rei Arthur, dos Cavaleiros da Távola Redonda lá nos séculos V e VI, mas esse não deve ser o fundamento. Arthur deve ser uma homenagem ao pai da rainha Isabel II, que seria o trisavô do bebé", explicou Portele.

Philip: sendo o nome do marido da rainha Isabel II, futuro bisavô do novo membro da família real, e também um dos nomes do príncipe William, há grandes hipóteses para este ser o nome escolhido.

Apesar das probabilidades, Pauline duvida que "escolham nomes mais óbvios, como Albert ou Philip. Eu acho que Meghan vai influenciar bastante na escolha, por isso é provável que escolham um nome tradicional, mas que também esteja na 'moda'. Nomes populares como Benjamin, Alexander ou Michael podem ser possibilidades".

Nos sites de apostas as opiniões dividem-se. No Ladbrokes, Philip aparece empatado em primeiro com Albert, no William Hills cai para segundo lugar com Edward e James. Nas apostas do Betfair, o nome nem sequer chega ao pódio dos três primeiros lugares.

Alexander: Para Pauline MacLaran, "Alexander" é uma boa aposta. A ideia, diz, é "que eles escolham um nome original mas relativamente tradicional para o primeiro nome, para agradar à rainha. E, então, acenar para a herança de Meghan nos vários nomes do meio que são esperados", explica.

Este é também o segundo nome do príncipe George, o que não exclui a possibilidade de ser usado pelo primo. O G1 relembra que o terceiro nome de George, por exemplo, é Louis, como o do irmão, nascido no ano passado.

Nos sites de aposta, Alexander está em segundo lugar no pódio na Betfair, e fica na terceira opção mais votada no Ladbrokes e no William Hill.

O nome perde ainda para outra boa possibilidade: James. Este nome está em primeiro lugar no Betfair e em segundo nos outros dois. No entanto, já foi usado recentemente para um neto da rainha: o filho do príncipe Edward, que nasceu em 2007.
Ver comentários