Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Juiz de Trump vence votação no Senado e está mais perto do Supremo

Apesar das acusações de assédio sexual, Brett Kavanaugh conseguiu 51 votos a favor e 49 contra.
J.C.M. 5 de Outubro de 2018 às 21:16
Brett Kavanaugh e Donald Trump
Brett Kavanaugh
Juiz Brett Kavanaugh
Brett Kavanaugh
Brett Kavanaugh e Donald Trump
Brett Kavanaugh
Juiz Brett Kavanaugh
Brett Kavanaugh
Brett Kavanaugh e Donald Trump
Brett Kavanaugh
Juiz Brett Kavanaugh
Brett Kavanaugh
Brett Kavanaugh, o juiz escolhido por Trump para integrar o Supremo Tribunal dos Estados Unidos viu a sua nomeação ser aprovada por uma escassa margem, na primeira votação do Senado sobre o tema. O juiz que é acusado por três mulheres de assédio sexual conseguiu 51 votos a favor, contra 49 contra. A votação espelha a maioria republicana que suporta a escolha do presidente americano.

A nomeação está assim em vias de ser confirmada, mas ainda se seguem mais 30 horas de debate, ao fim das quais se fará a votação final, prevista para sábado. O presidente Donald Trump recorreu ao Twitter para saudar a primeira decisão do senado.

"Muito orgulhoso dos Senado dos EUA por votar sim e avançar a nomeação do juiz Brett Kavanaugh", escreveu Trump.




O cenário da aprovação da nomeação de Kavanaugh pode complicar-se devido às posições três senadores republicanos e um democrata. Susan Collins e Jeff Flake votaram a favor do encerramento do debate, mas não se comprometem a aprovar o juiz na votação final. Já Lisa Murkowski, votou contra o juiz e promete repetir a votação no final. Do lado democrata, Joe Manchin foi o único a apoiar o juiz nesta votação, mas pode não manter o sentido de voto no escrutínio final.
Ver comentários