Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Lula da Silva sem dinheiro para pagar defesa

Ex-presidente do Brasil está preso há um ano por corrupção.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 7 de Abril de 2019 às 01:30
A carregar o vídeo ...
Ex-presidente do Brasil está preso há um ano por corrupção.
O ex-presidente brasileiro Lula da Silva completa este domingo um ano na prisão numa altura em que enfrenta sérias dificuldades para pagar aos advogados que o defendem nos vários processos e recursos que tramitam na Justiça.

Quando foi condenado pelo ex-juiz Sérgio Moro, hoje ministro da Justiça de Jair Bolsonaro, Lula teve bloqueados 2,2 milhões de euros em contas bancárias, bem como todos os seus bens, incluindo quatro imóveis e dois automóveis.

A situação é tão precária que o Instituto Lula, que representa o antigo governante, teve de fazer na semana passada um leilão de fotos do ex-presidente para arrecadar fundos e poder abater a dívida aos advogados.

O leilão, com 50 lotes de fotos autografadas representando várias fases da vida de Lula, rendeu 145 mil euros, muito menos do que o total das dívidas, o que obrigará a outras iniciativas semelhantes.

Preso a 7 de abril de 2018 após ser condenado a 12 anos e um mês de cadeia por receber um apartamento triplex como ‘luvas’ de uma construtora, Lula está a cumprir a pena numa sala da sede da Polícia Federal de Curitiba, sul do Brasil.

A Justiça permitiu-lhe ter, além da cama de solteiro e de uma mesa, uma televisão e uma passadeira elétrica, passando os dias a ler, a fazer exercício e a ver TV, principalmente futebol e novelas.
Ver comentários