Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Silêncio pelas 27 mil vítimas

Homenagem Minuto de silêncio no arranque de 10 dias de luto pelas vítimas da pandemia
Ricardo Ramos 28 de Maio de 2020 às 15:08
Família real vestiu-se de negro para homenagear as vítimas da pandemia num minuto de silêncio
Família real vestiu-se de negro para homenagear as vítimas da pandemia num minuto de silêncio FOTO: jose jimenez/epa
E spanha inteira parou ontem para homenagear as mais de 27 mil vítimas do coronavírus. Com as bandeiras a meia haste em todo o país, muitas delas com um fumo negro, os espanhóis observaram um minuto de silêncio no arranque de dez dias de luto nacional, o mais prolongado alguma vez observado em democracia. A homenagem ocorreu às 12h00 horas locais (menos uma hora em Lisboa) e foi liderada pelo rei Felipe VI, que compareceu nos jardins do Palácio da Zarzuela vestido de negro, juntamente com a mulher, a rainha Letizia, e as filhas, Leonor e Sofia. “Espanha chora por tantos milhares de compatriotas que perdemos nesta pandemia. Muitos continuam a enfrentá-la na primeira linha. A todos, e também às suas famílias, devemos a nossa lembrança, a nossa dor e o nosso carinho”, afirmou o monarca espanhol em comunicado.



Ver comentários