Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Treze dias de esperança para chegar a Julen custaram 700 mil euros

Andaluzia vai assumir custos da operação de resgate.
19 de Fevereiro de 2019 às 19:00
Julen foi encontrado sem vida no fundo do poço ao fim de 13 dias
Resgate de Julen
Resgate de Julen
Resgate de Julen
Resgate de Julen
Mineiros entram no poço para resgatar Julen
Mineiro desce ao poço para o regate de Julen em Málaga
Os pais de Julen confortam-se durante a operação do resgate do menino que caiu em poço
Os pais de Julen, Jose Rosello e Vicky Garcia, confortam-se durante a operação do resgate do menino que caiu em poço
Julen foi encontrado sem vida no fundo do poço ao fim de 13 dias
Resgate de Julen
Resgate de Julen
Resgate de Julen
Resgate de Julen
Mineiros entram no poço para resgatar Julen
Mineiro desce ao poço para o regate de Julen em Málaga
Os pais de Julen confortam-se durante a operação do resgate do menino que caiu em poço
Os pais de Julen, Jose Rosello e Vicky Garcia, confortam-se durante a operação do resgate do menino que caiu em poço
Julen foi encontrado sem vida no fundo do poço ao fim de 13 dias
Resgate de Julen
Resgate de Julen
Resgate de Julen
Resgate de Julen
Mineiros entram no poço para resgatar Julen
Mineiro desce ao poço para o regate de Julen em Málaga
Os pais de Julen confortam-se durante a operação do resgate do menino que caiu em poço
Os pais de Julen, Jose Rosello e Vicky Garcia, confortam-se durante a operação do resgate do menino que caiu em poço
O custo do resgate do pequeno Julen de dois anos, que caiu num poço em Totalán, Málaga, ficou na ordem dos 700 mil euros, anunciou o porta-voz do governo espanhol Elías Bendodo.

Bendodo, também conselheiro do governo regional de Andaluzia, informou ainda que será a própria Câmara de Andaluzia a suportar os custos totais das operações de resgate. 

A operação de resgate durou 300 horas e contou com a participação de mais de 300 pessoas, que removeram mais de 85 mil metros cúbicos de terra.

Câmara vai conceder medalha de Andaluzia para a equipa de resgate
A Câmara de Andaluzia vai conceder uma medalha à equipa de resgate que participaram nos trabalhos para recuperar o corpo de Julen.

De acordo com o Diário Sur, o objetivo desta iniciativa é reconhecer o trabalho das equipas de resgate.

Foram 13 dias de expectativa e esperança em resgatar o pequeno Julen com vida do poço onde caiu no dia 13 de janeiro. O menino foi resgatado sem vida e após autópsia foi determinado que tinha morrido no mesmo dia em que caiu.

Foi na madrugada de dia 26 de janeiro que o corpo foi encontrado a 71 metros de profundidade no interior do poço. Estava de pé com os braços para cima, coberto por uma camada de terra e detritos.

As autoridades indicaram que a posição em que foi encontrado indicava que se "tratou de uma queda livre e rápida". 

A autópsia determinou que o menino sofreu um  "traumatismo cranioencefálico grave" e "politraumatismos compatíveis com a queda" que o levou à morte. 

Julen Totalán Elías Bendodo Málaga Andaluzia Câmara de Andaluzia Diário Sur morte
Ver comentários