Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Nicolás Maduro marcha com militares para mostrar apoio das Forças Armadas

Presidente venezuelano rejeita alegações dos EUA e da oposição de que os militares estão a preparar-se para atacá-lo.
2 de Maio de 2019 às 18:59
Nicolás Maduro
Nicolás Maduro marcha com militares para mostrar apoio das Forças Armadas. Veja as imagens
Nicolás Maduro marcha com militares para mostrar apoio das Forças Armadas. Veja as imagens
Nicolás Maduro
Nicolás Maduro
Nicolás Maduro marcha com militares para mostrar apoio das Forças Armadas. Veja as imagens
Nicolás Maduro marcha com militares para mostrar apoio das Forças Armadas. Veja as imagens
Nicolás Maduro marcha com militares para mostrar apoio das Forças Armadas. Veja as imagens
Nicolás Maduro
Nicolás Maduro marcha com militares para mostrar apoio das Forças Armadas. Veja as imagens
Nicolás Maduro marcha com militares para mostrar apoio das Forças Armadas. Veja as imagens
Nicolás Maduro
Nicolás Maduro
Nicolás Maduro marcha com militares para mostrar apoio das Forças Armadas. Veja as imagens
Nicolás Maduro marcha com militares para mostrar apoio das Forças Armadas. Veja as imagens
Nicolás Maduro marcha com militares para mostrar apoio das Forças Armadas. Veja as imagens
Nicolás Maduro
Nicolás Maduro marcha com militares para mostrar apoio das Forças Armadas. Veja as imagens
Nicolás Maduro marcha com militares para mostrar apoio das Forças Armadas. Veja as imagens
Nicolás Maduro
Nicolás Maduro
Nicolás Maduro marcha com militares para mostrar apoio das Forças Armadas. Veja as imagens
Nicolás Maduro marcha com militares para mostrar apoio das Forças Armadas. Veja as imagens
Nicolás Maduro marcha com militares para mostrar apoio das Forças Armadas. Veja as imagens
O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, e importantes figuras militares fizeram esta quinta-feira uma marcha para mostrar o apoio das Forças Armadas, procurando dessa forma rejeitar as alegações dos Estados Unidos e da oposição de que o alto comando das Forças Armadas estava preparado para atacá-lo.

Maduro marchou com o ministro da Defesa, Vladimir Padrino, e pelo chefe de operações militares Remigio Ceballos, a seu lado. O presidente venezuelano afirma que as forças armadas estão "unidas, coesas e subordinadas ao seu mandato constitucional". 

Esta marcha acontece dois dias depois do líder da oposição Juan Guaidó ter apelado aos venezuelanos para que se juntassem a si e retirassem o "usurpador" do poder. 

Atualmente vive-se, naquele país, um impasse político em que Guaidó e Maduro medem forças. O atual presidente venezuelano garante que tem o apoio militar, já a oposição, Guaidó garante que o apoio militar está do seu lado.

Juan Guaidó é reconhecido como chefe de Estado legítimo da Venezuela pelos Estados Unidos, União Europeia e outros países. Já Maduro conta com o apoio de países como Rússia, China e Cuba.

Os últimos dados contavam já com a morte de quatro pessoas vítimas dos protestos dos últimos dias.


Nicolas Maduro presidente venezuelano Forças Armadas Estados Unidos
Ver comentários