Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Guaidó pede manifestação pacífica frente a bases militares no sábado

Manifestação serve para pedir ao exército que abandone o chefe de Estado, Nicolás Maduro.
Lusa 3 de Maio de 2019 às 08:19
Juan Guaidó rodeado de apoiantes em Caracas
Juan Guaidó inicia operação para acabar com 'usurpação' do regime de Maduro
Juan Guaidó
Juan Guaidó
Juan Guaidó rodeado de apoiantes em Caracas
Juan Guaidó inicia operação para acabar com 'usurpação' do regime de Maduro
Juan Guaidó
Juan Guaidó
Juan Guaidó rodeado de apoiantes em Caracas
Juan Guaidó inicia operação para acabar com 'usurpação' do regime de Maduro
Juan Guaidó
Juan Guaidó

O autoproclamado Presidente interino venezuelano, Juan Guaidó, apelou a uma manifestação pacífica da população diante das bases militares do país, no sábado, para pedir ao exército que abandone o chefe de Estado, Nicolás Maduro.

"Sábado 04: mobilização nacional pacífica nas principais unidades militares para que estas se juntem à Constituição", publicou Guaidó na sua conta pessoal na rede social Twitter, na madrugada desta sexta-feira.

O exército é um ator central no poder venezuelano, pois domina o setor de petróleo, do qual o país obtém 96% das suas receitas, assim como vários ministérios, e até agora demonstrou um forte apoio a Nicolás Maduro.

Presidente Nicolás Maduro Juan Guaidó chefe de Estado Constituição política
Ver comentários