Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Vídeo mostra queda aparatosa de bebé prematura após lapso de médico

Menina sofreu uma hemorragia cerebral dias após o nascimento e pais acusam hospital do sucedido.
6 de Maio de 2019 às 10:18
Vídeo mostra queda aparatosa de bebé prematura após lapso de médico
Vídeo mostra queda aparatosa de bebé prematura após lapso de médico
Vídeo mostra queda aparatosa de bebé prematura após lapso de médico
Vídeo mostra queda aparatosa de bebé prematura após lapso de médico
Vídeo mostra queda aparatosa de bebé prematura após lapso de médico
Vídeo mostra queda aparatosa de bebé prematura após lapso de médico
Vídeo mostra queda aparatosa de bebé prematura após lapso de médico
Vídeo mostra queda aparatosa de bebé prematura após lapso de médico
Vídeo mostra queda aparatosa de bebé prematura após lapso de médico
Um vídeo que está a circular na Internet mostra uma equipa de médicos a deixar cair uma bebé prematura, fazendo com que esta batesse com a cabeça no berço, ainda no hospital, enquanto a limpavam. O caso ocorreu no Arizona, EUA.

A menina, batizada com o nome Morgan, acabou por sofrer uma hemorragia cerebral momentos depois, e os pais exigem agora saber se foi ou não consequência do embate.



O casal, Monique e Derrick, foram pais de dois gémeos dias antes do previsto, no passado dia 14 de fevereiro, no Arizona, EUA. Após o nascimento, o casal foi informado de que Morgan tinha sofrido uma hemorragia no lado esquerdo do cérebro.

O pai, que tinha gravado o vídeo no qual o médico aparentemente deixa cair a filha no berçário, divulgou as imagens no Facebook, em tom de indignação. Nas imagens é possível verificar que a bebé quase cai ao chão, não fosse um outro médico que a amparou. O vídeo já foi visto mais de um milhão de vezes nas redes sociais.

"Eu disse-lhe que ele tinha deixado cair a minha bebé e ele olhou para mim com uma expressão de indiferença", afirmou o homem em declarações ao canal televisivo ABC15. Já a mãe, mostra-se apenas frustrada pelo facto de nenhum dos médicos alguma vez se ter tentado desculpar pelo sucedido no berçário.

A menina, que só pesava 1,4 quilos, teve de ficar internada nos cuidados pós-parto durante mais 12 dias.
Internet Arizona Derrick Morgan ABC15 Monique EUA médico Facebook saúde questões sociais
Ver comentários