Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Victor Bandarra

O sonho de ser polícia

Um irmão, reguila, aponta Tino. ‘A nossa mãe não deixa o Tino falar crioulo’.

Victor Bandarra 3 de Fevereiro de 2019 às 00:30

Tino é neto de cabo-verdianos de Santiago, chamados "badios-de-pé-rachado", gente que palmilhou milhares de quilómetros, pé descalço, pelas veredas secas e montanhosas da ilha.

Nem Tino nem nenhum dos seus sete irmãos, sequer os pais, pisaram alguma vez a ilha dos avós, migrantes em Lisboa no tempo colonial.



Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso à edição digital e a todos os conteúdos exclusivos do site no pc, tablet e smarphone
Assine já 1 mês/1€
Para ler este e todos os EXCLUSIVOS DE HOJE no site 1€ (IVA incluído)
UTILIZE O
Santiago Cova Amadora
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas