Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Costa diz que "se toda a gente votar como anunciou", país preserva credibilidade

Primeiro-ministro falou em relação à votação do texto final do diploma do tempo de serviço dos professores.
Lusa 9 de Maio de 2019 às 11:30
António Costa ameaça demitir-se caso o diploma dos professores seja aprovado
António Costa ameaça demitir-se caso o diploma dos professores seja aprovado
António Costa ameaça demitir-se caso o diploma dos professores seja aprovado
António Costa ameaça demitir-se caso o diploma dos professores seja aprovado
António Costa ameaça demitir-se caso o diploma dos professores seja aprovado
António Costa ameaça demitir-se caso o diploma dos professores seja aprovado
António Costa ameaça demitir-se caso o diploma dos professores seja aprovado
António Costa ameaça demitir-se caso o diploma dos professores seja aprovado
António Costa ameaça demitir-se caso o diploma dos professores seja aprovado

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou esta quinta-feira, em Sibiu, Roménia, que "se toda a gente votar" na sexta-feira "como anunciou que votaria" o texto final do diploma do tempo de serviço dos professores, o país preserva a sua credibilidade internacional.

"Vamos aguardar o que é que acontecerá amanhã (sexta-feira), mas se toda a gente votar amanhã como anunciou que votaria, eu creio que o país felizmente terá evitado uma crise orçamental que poria gravemente em risco a sua credibilidade internacional", declarou em Sibiu, aos jornalistas, à margem de uma cimeira informal de líderes da União Europeia.

O primeiro-ministro manifestou-se também convicto de que a posição adotada pelo Governo, de ameaçar demitir-se caso a contabilização total do tempo de serviço dos professores fosse aprovada em votação final global, foi determinante.

primeiro-ministro António Costa Sibiu Roménia União Europeia Governo política governo (sistema)
Ver comentários