Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

PSP proíbe polícias de irem a votos pela Coligação Basta

Parecer da PSP contraria o Tribunal Constitucional que, a 23 de abril, aprovou a lista da Coligação Basta, que vai a sufrágio.
J.F. 8 de Maio de 2019 às 09:18
PSP proíbe polícias de irem a votos pela Coligação Basta
André Ventura
André Ventura
André Ventura
PSP proíbe polícias de irem a votos pela Coligação Basta
André Ventura
André Ventura
André Ventura
PSP proíbe polícias de irem a votos pela Coligação Basta
André Ventura
André Ventura
André Ventura
Um parecer da Direção Nacional da PSP, de 15 de abril, proíbe os polícias de integrarem listas às Europeias, sob ameaça de processos disciplinares.

Este parecer surge após a Coligação Basta ter convidado dois sindicalistas da PSP, nomeadamente o presidente da Federação Nacional dos Sindicatos da Polícia, Pedro Magrinho, e o presidente do Sindicato Unificado da Polícia, Peixoto Rodrigues.

"Mais parece perseguição", disse ao CM o cabeça de lista, André Ventura, garantindo que vai questionar formalmente o Ministério da Administração Interna sobre esta situação "inacreditável".
Ver comentários