Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Famalicão garante apoio financeiro para os rios

Agência Portuguesa do Ambiente mantém-se ao lado do projeto de defesa dos cursos de água.
Fátima Vilaça 5 de Dezembro de 2018 às 08:50
Projeto tem juntado cidadãos em torno da limpeza e reabilitação dos cursos de água
Projeto tem juntado cidadãos em torno da limpeza e reabilitação dos cursos de água FOTO: Direitos Reservados
O projeto ‘Os Nossos Rios’, da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, vai continuar a ter o apoio da Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

A garantia foi deixada na última segunda-feira, durante o seminário ‘Os Nossos Rios – Repensar Rios e Ribeiras’, pelo vice-presidente da APA, Pimenta Machado. Paulo Cunha diz que esta é "uma boa notícia para o concelho".

"Estou aqui a assumir o compromisso com a câmara municipal de que o projeto irá ter continuidade", assumiu Pimenta Machado, acrescentando que "se trata de um projeto inovador, muito bem construído e notável, que visa dar maior vida aos rios, alertando consciências e envolvendo a sociedade civil e o Estado".

Satisfeito com a garantia da parte do Governo, o autarca famalicense sublinhou que o projeto é fundamental para o concelho. "Sabemos o quão importante são estes financiamentos para que estes projetos continuem, até porque um projeto deste tipo não pode parar", frisou Paulo Cunha.

O projeto ‘Os nossos Rios’ foi lançado há cerca de dois anos, numa parceria, precisamente, entre a autarquia e a APA, com o propósito de proteger o ambiente e promover o património natural do concelho.

As áreas de intervenção são Rio Este, Guisande, Pele, Pelhe e Ave, levando à reabilitação dos cursos de água e património envolvente, estabelecendo-se como princípio a valorização dos leitos e das margens fluviais como elementos fundamentais da dinâmica ecológica e paisagística.

Para Paulo Cunha, com o projeto ‘Os Nossos Rios’, o Município tem a ambição "de que os seus rios voltem a ter a importância de outros tempos" e apelou a que cada cidadão de Vila Nova de Famalicão se torne um "guardião do rio".
Ver comentários