Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Ao minuto Atualizado às 14:43 | 06/03

Advogado burlão acaba suspenso da Ordem

Jurista proibido de exercer funções nos próximos dez anos.
Magali Pinto 10 de Maio de 2019 às 01:30
Conteúdo exclusivo para Assinantes Assine já Se já é assinante faça LOGIN
Exclusivos
Fernando Carvalhal , advogado e ex-inspetor da PJ
Exclusivos
Fernando Carvalhal
Exclusivos
Tribunal
Fernando Carvalhal , advogado e ex-inspetor da PJ
Fernando Carvalhal
Tribunal
Fernando Carvalhal , advogado e ex-inspetor da PJ
Fernando Carvalhal
Tribunal
O advogado Fernando Carvalhal representou, em tempos, arguidos de processos mediáticos. Foi também inspetor da Polícia Judiciária.

No entanto, Carvalhal caiu nas malhas do crime, mais concretamente em burlas. E, dada a quantidade de processos - num dos casos tentou burlar uma idosa de 90 anos em 110 mil euros e num outro sacou 40 mil euros a um cliente - a Ordem dos Advogados aplicou-lhe a pena disciplinar de dez anos de suspensão do exercício da advocacia.

Segundo o despacho a que o CM teve acesso, esta pena disciplinar diz respeito à violação dolosa dos deveres inerentes à profissão de advogado.

Fernando Carvalhal sempre gostou de aparecer nas televisões e, por isso, oferecia-se para defender casos de ampla cobertura mediática.

Em 2007 representou Maria das Dores, que mandou matar o marido, em Lisboa. Mais recentemente representou Francisco Leitão, conhecido por ‘rei Ghob’, o serial killer da Lourinhã.

Maria das Dores foi condenada a 23 anos e Francisco Leitão a 25 anos - pena máxima.
Ao minuto Atualizado a 6 de mar de 2020 | 14:43
16:22 | 17/02
André Pereira e Ana Luísa Nascimento
A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou que a mulher internada esta segunda-feira no Porto não configura caso suspeito de coronavírus.

A informação surge depois de ter sido "investigada a história clínica e epidemiológica" da cidadã que tinha sido encaminhada para o Centro Hospitalar Universitário de São João.

Recorde-se que uma mulher tinha sido encaminhada esta segunda-feira para o Centro Hospitalar Universitário de São João com suspeitas de coronavírus.

A mulher sul-coreana, que chegou a Gondomar há três dias, estava internada para que fosse realizada a colheita de amostras biológicas para análise pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA).

Este foi, de acordo com a Direção-Geral da Saúde, o 11º caso a ser validado como suspeito. 

Há ainda um 12.º caso noticiado, esta segunda-feira, pelo CM. Este trata-se de uma mulher chinesa que se encontra internada em Lisboa.

Segundo o que o CM conseguiu apurar junto de fonte médica do Hospital de São José, a mulher deu entrada nesta unidade de saúde, acompanhada pelo marido, com febre alta e tosse. Após avaliação inicial, foi encaminhada para o Hospital Curry Cabral onde se encontra isolada e a aguardar a realização de exames.


Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso à edição digital e a todos os conteúdos exclusivos do site no pc, tablet e smarphone
Assine já 1 mês/1€
Para ler este e todos os EXCLUSIVOS DE HOJE no site 1€ (IVA incluído)
UTILIZE O
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas

Clube CM+ Conheça todas as vantagens e produtos exclusivos para os assinantes do Correio da Manhã

Receba o 2º volume da coleção de DVDs "Fátima, um milagre na Europa"

Ver Mais

Missões Impossíveis: Do ataque a Pearl Harbor à Resistência em Timor.

Ver Mais

Missões Impossíveis: Do Atentado a Hitler à Batalha de Inglaterra.

Ver Mais

As principais manchetes da história do Correio da Manhã. Portes incluídos.

Ver Mais

Real Abadia Congress & Spa Hotel 4*: Estadia de Charme com Pequeno-almoço, SPA e Opção de Massagem, Visita e Provas de Vinho desde 46€. Envolva-se!

Ver Mais