Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Casal detido por burla com negócio de casas

Polícia Judiciária prende advogado e consultora imobiliária em Vila Real de Santo António.
João Mira Godinho 4 de Abril de 2019 às 08:54
A carregar o vídeo ...
Polícia Judiciária prende advogado e consultora imobiliária em Vila Real de Santo António.
O casal, ele de 45 anos, advogado em Tavira, e ela de 44, consultora imobiliária em Vila Real de Santo António, prometia aos potenciais clientes grandes lucros na compra e venda de casas.

Dessa forma, o homem e a mulher receberam avultadas verbas, mas os negócios nunca se concretizaram e os investidores ficaram sem o dinheiro.

Os dois foram agora detidos, pela Polícia Judiciária, por seis crimes de burla qualificada. No total, terão ficado com cerca de 200 mil euros.

As burlas foram praticadas "entre finais de 2017 e o início de 2018", adianta a Diretoria do Sul da PJ, que ontem anunciou as detenções.

O homem - a trabalhar num conhecido escritório de advocacia de Tavira - e a mulher - responsável pela delegação de Vila Real de Santo António de uma empresa de consultoria imobiliária nacional - aproveitavam os empregos que tinham para conquistar a confiança dos clientes.

Depois, propunham-lhes o investimento na aquisição de imóveis, em leilões, prometendo um elevado retorno na posterior venda no mercado. E como garantia, ainda entregavam cheques pré-datados.

As vítimas, no entanto, "nunca conseguiram obter o retorno do dinheiro aplicado", diz a Polícia Judiciária.

Na operação que levou à detenção do casal foram feitas buscas tanto na residência como nos locais de trabalho dos dois, que resultaram na apreensão de diversa documentação e de equipamento informático, conforme apurou o CM.

A investigação foi tutelada pelo Ministério Público do DIAP de Faro.
Ver comentários