Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Nova casa da PJ em Faro custa 7 milhões de euros

Edifício será construído em terreno cedido pela autarquia.
Rui Pando Gomes 6 de Janeiro de 2019 às 09:41
Polícia encontra-se atualmente instalada num edifício bastante antigo, que fica localizado na zona histórica da cidade
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
Polícia encontra-se atualmente instalada num edifício bastante antigo, que fica localizado na zona histórica da cidade
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
Polícia encontra-se atualmente instalada num edifício bastante antigo, que fica localizado na zona histórica da cidade
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
A construção de novas instalações para a Polícia Judiciária (PJ), em Faro, vai custar cerca de sete milhões de euros e a obra poderá demorar mais de quatro anos a ser concretizada.

O CM sabe que não está excluída a hipótese de os serviços de investigação criminal da instituição serem transferidos, temporariamente, para um outro edifício do Estado.

A necessidade urgente de se arranjarem novas instalações foi assumida pelo diretor nacional da PJ, Luís Neves, durante a tomada de posse do novo responsável da instituição no Algarve.

O responsável máximo da PJ alerta que o atual edifício "não tem as condições adequadas com a dignidade e funcionalidade que se exigem" e garante que estão a ser procuradas soluções para o problema, mas que "não podem demorar décadas".

O CM sabe que a solução encontrada pelo Governo é a construção de um novo edifício. O Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça já reuniu com o autarca Rogério Bacalhau, que mostrou disponibilidade para, mediante permuta com o atual edifício da PJ, ceder terrenos do município situados junto à estrada da Senhora da Saúde para a construção da nova casa da instituição.

No entanto, atualmente a prioridade do Ministério da Justiça é a construção do novo edifício da PJ de Portimão, que poderá arrancar ainda este ano.

O novo líder da Diretoria do Sul da PJ, António Madureira, assumiu durante a tomada de posse para o cargo que a mudança de instalações é uma das suas "prioridades".
Ver comentários