Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

PSP desmantela gang adolescente que furtava em garagens e lojas

Dois jovens de 21 anos foram detidos e já estão na prisão. Caso ocorreu em Portimão.
Ana Palma 7 de Maio de 2019 às 08:44
Agentes da PSP de Portimão fizeram duas buscas domiciliárias e apreenderam material proveniente de furtos
PSP
PSP
PSP
Agentes da PSP de Portimão fizeram duas buscas domiciliárias e apreenderam material proveniente de furtos
PSP
PSP
PSP
Agentes da PSP de Portimão fizeram duas buscas domiciliárias e apreenderam material proveniente de furtos
PSP
PSP
PSP
Os cinco jovens, com idades entre os 17 e os 21 anos, integravam um grupo que se dedicava a furtos em garagens e estabelecimentos de motociclos e velocípedes.

Foram todos apanhados pela PSP de Portimão por fazerem parte parte do grupo criminoso, tendo um dos cabecilhas, de 21 anos, sido agora detido, informou esta segunda-feira o Comando Distrital de Faro.

O grupo, suspeito de duas dezenas de furtos, foi desmantelado após uma investigação desenvolvida nos últimos quatro meses.

"Foram desenvolvidas diligências, que incluíram a realização de duas buscas domiciliárias, logrando-se apreender um bastão extensível, bem como artigos provenientes de furtos, nomeadamente motociclos e velocípedes, que foram restituídos aos seus legítimos proprietários".

O gang era liderado por dois dos jovens, de 21 anos de idade. "Após se reunir prova fortemente indiciadora das práticas criminais por parte dos dois líderes do grupo, foram solicitados mandados de detenção fora de flagrante delito ao Ministério Público de Portimão, com vista a apresentá-los em primeiro interrogatório judicial", adiantou o Comando.

Um dos cabecilhas fora detido em março. Quanto ao outro, foi agora detido, "em cumprimento de mandado de detenção emitido pela Autoridade Judiciária". Ficou em prisão preventiva.

Os restantes suspeitos foram constituídos arguidos.

PORMENOR
Detido em março
Um dos líderes tinha sido já detido no mês de março passado e, após ser apresentado ao juiz de Instrução Criminal, para primeiro interrogatório judicial, foi-lhe decretada a medida de prisão preventiva enquanto aguarda julgamento.
Ver comentários