Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Presidente de Sindicato dos Enfermeiros vai fazer greve de fome

Medida vai ter início esta quarta-feira às 12h00 junto ao Palácio de Belém.
19 de Fevereiro de 2019 às 19:52
A carregar o vídeo ...
Medida vai ter início esta quarta-feira às 12h00 junto ao Palácio de Belém.
O Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal (Sindepor) vai manter a greve em blocos operatórios e o seu presidente anunciou esta segunda-feira que vai entrar em greve de fome até o Governo voltar à mesa das negociações.

Carlos Ramalho disse em Évora que vai iniciar a greve de fome na quarta-feira às 12h00 junto ao Palácio de Belém, residência oficial do Presidente da República.

"Não podemos ser silenciados desta forma. Se era necessário um mártir, ele está aqui. Sou eu, Carlos Ramalho", afirmou em conferência de imprensa.

O dirigente sindical falava em conferência de imprensa na sede de Évora da UGT, depois de o Ministério Saúde ter anunciado que iriam ser marcadas faltas injustificadas, a partir de quarta-feira, a todos os enfermeiros que adiram à greve.

Esta posição do ministério surge na sequência de um parecer da Procuradoria-Geral da República que considera ilícita a greve dos enfermeiros nos blocos operatórios.
Ver comentários