Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

IP3 requalificado em 16 quilómetros

Ligação entre Penacova e Santa Comba Dão custa 11,8 milhões.
João Saramago 9 de Maio de 2019 às 08:40
Modernização do IP3 visa reforçar a segurança rodoviária de uma das principais vias de ligação ao Interior
Modernização do IP3 visa reforçar a segurança rodoviária de uma das principais vias de ligação ao Interior FOTO: Rui Miguel Pedrosa
As obras de requalificação dos 16 quilómetros do troço do Itinerário Principal 3 (IP3), entre o nó de Penacova e o rio Dão, no concelho de Santa Comba Dão, receberam o aval do Governo para a repartição do custo de 11,8 milhões de euros pelo anos de 2019 e 2020.

Em portaria publicada ontem em Diário da República, fica definido um encargo da obra de 7,4 milhões de euros fixado em 2019 e de 4,4 milhões de euros a aplicar em 2020, segundo a autorização dos ministros das Finanças e Infraestruturas e Habitação.

A empreitada tem um prazo de execução de 330 dias e visa reforçar a segurança rodoviária numa das principais vias de ligação do Interior do País. Os trabalhos compreendem a construção de dois novos nós de ligação (Nó de Oliveira do Mondego e Nó de Cunhedo).

Está também prevista a requalificação do caminho existente sob a ponte do Mondego para permitir a articulação dos movimentos de tráfego do Nó de Oliveira do Mondego.

A empreitada inclui a colocação de separador central, introdução de vias de aceleração e abrandamento, com 3,50 metros de largura, e reabilitação do pavimento. Será também feito o reforço das condições de estabilidade de taludes com a colocação de estruturas de suporte em betão, pregagens e redes de contenção. A colocação de novas vedações, reabilitação dos sistemas de drenagem e substituição e readequação da sinalização vertical e horizontal estão também incluídas na obra.
Ver comentários