Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Universidades lusas no topo

ranking Três dos melhores mestrados em Finanças que se podem fazer no Mundo são proporcionados por escolas superiores portuguesas
Ana Maria Ribeiro 3 de Novembro de 2020 às 22:16
Alista das melhores universidades do Mundo para fazer Mestrado em Finanças, elaborada pelo jornal britânico ‘Financial Times’, acaba de ser divulgada e distingue três estabelecimentos de ensino portugueses, com a Universidade Nova em destaque. A Nova School of Business and Economics ficou na 14ª posição da lista, num ranking que elege a HEC Paris, em França, como a escola de topo para se dominarem os números.

Na 26ª posição aparece a Católica Lisbon School of Business and Economics, que, em comunicado, reagiu à classificação, anunciando que 97% dos seus graduados do Mestrado em Finanças “têm emprego três meses após o final do programa, com um salário médio inicial equivalente a 48 600 dólares anuais” (cerca de 43 163 euros).

Na 31ª posição, vem o Mestrado em Finanças do ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa, que este ano se estreia nos rankings do ‘Financial Times’. O jornal destaca o ISEG por “proporcionar uma duplicação de salário (+94%) em três anos”. De acordo com Clara Raposo, presidente do instituto, “este é um momento de celebração para todos”. Além do ISEG, mais quatro escolas integram este ranking pela primeira vez: a alemã WHU, o Trinity College Dublin (Irlanda), a Carlos III de Madrid (Espanha), e a holandesa Tilburg.



Ver comentários