Barra Cofina

Dezembro é mês de corridas S. Silvestre

Provas de Norte a Sul e cada vez começam mais cedo no calendário.
Por Mário Figueiredo 14 de Dezembro de 2018 às 11:00
Corrida  que celebra  o santo  do último dia  de cada ano  é disputada  à noite
Corrida de São Silvestre
Corrida  que celebra  o santo  do último dia  de cada ano  é disputada  à noite
Corrida de São Silvestre
Corrida  que celebra  o santo  do último dia  de cada ano  é disputada  à noite
Corrida de São Silvestre
O mês de Dezembro é marcado pelas tradicionais corridas de S. Silvestre. Há provas por todo o País e começam cada vez mais cedo, fugindo ao espírito de ser uma corrida que celebra o santo São Silvestre, que é o padroeiro do último dia do ano.

As corridas de São Silvestre tinham como atrativo serem disputadas à noite no dia 31 de cada ano. Em Portugal, apenas a prova da Amadora se mantém fiel à tradição de 44 anos.

Longe do fulgor de outros tempos em que o orçamento elevado permitia a contratação dos melhores atletas portugueses e uma legião de estrangeiros que dignificavam a vertente competitiva, a aposta agora é nas massas.

Contudo, o boom do movimento running que tornou as corridas à noite vulgares e a vontade de muitos foliões poderem celebrar a passagem do ano, fez com que as organizações começassem a antecipar o evento.

A prova de Lisboa é disputada sempre no último sábado do ano. É a que reúne mais participantes em território nacional. Rondam os 10 mil e correm pelas principais artérias da capital.

Contudo, a prova de final de ano mais antiga é a da Madeira. Conhecida como a Volta ao Funchal vai cumprir este ano a sua 60.ª edição no próximo dia 28 (sexta-feira).

O Porto realiza a sua São Silvestre no dia 30, no mesmo dia da corrida dos Olivais (Lisboa), mas com um número significativo de participantes.

No entanto, praticamente todos os distritos têm uma corrida de São Silvestre. Com mais ou menos participantes, a festa é garantida. No dia 15, Coimbra e Almada celebram a sua. Prometem animação e festa. No dia 16 o foco será em Braga, na 41.º edição.

Nada melhor para combater os quilinhos a mais que normalmente se ganha por altura do Natal do que fazer umas corridinhas. Escolha a S. Silvestre da sua região e participe na festa. Há quem corra duas ou três por ano.

Bons treinos!
Relacionadas
Notícias Recomendadas